Carregando...

MILTON DACOSTA

(1915, Niterói, RJ - 1988, Rio de Janeiro, RJ)

Realizou seus primeiros estudos de pintura na Escola Nacional de Belas Artes e no Núcleo Bernardelli, ainda nos anos 30. Em 1944, conquistou o prêmio de viagem à Europa na Divisão Moderna do Salão Nacional. Esteve nos Estados Unidos e na Europa, fixando-se em Paris de 1945 a 1947. De volta ao Brasil, casou-se com a também pintora Maria Leontina. Participou da Bienal de Veneza e conquistou o prêmio de melhor pintor nacional na Bienal de São Paulo de 1955. Expôs diversas vezes no Brasil e no exterior. Em abril de 1999, o Centro Cultural Banco do Brasil inaugurou no Rio de Janeiro a mostra Milton Dacosta e Maria Leontina: Um Diálogo.

Largo de São Francisco - 1934

Sobre a última fase do artista, Jayme Maurício afirmou em 1979: “A técnica ou a linguagem, a mensagem ou a comunicabilidade da pintura de Milton se processa na qualidade estética e na ética da restauração e quebra de velhos tabus que cercaram o nu feminino em toda a história das artes. E o pintor fez um pascaliano espirit de finesse e espirit de geometrie, criando saudáveis e inéditas condições artísticas para a afirmação do erotismo.”

Rio de Janeiro visto de Niterói

 

Fonte: www.bolsadearte.com




© www.artenarede.com